Please assign a menu to the primary menu location under menu

Cuidados da CasaDecoração

Jardim de inverno: o que é e como montá-lo em 5 passos

jardim-de-inverno

Trazer natureza para dentro de casa tem se tornado uma tendência no universo das decorações. Além de manter o ambiente mais arejado, as flores e as plantas contribuem muito com a arquitetura de um cômodo. E opção é o que não falta! O jardim de inverno, por exemplo, pode ser uma excelente escolha para dar vida àquele cantinho da casa que está meio ocioso. 

O que é um jardim de inverno?

Mais comum em países predominantemente frios, o jardim de inverno é uma alternativa para ter o mínimo de contato com a natureza, mesmo no período de baixas temperaturas. 

Embora no Brasil não haja períodos de frio rigoroso, a decoração jardim de inverno ganhou adeptos por aqui e hoje é uma opção para quem gosta de ter ambientes climatizados dentro de casa. 

O jardim de inverno geralmente é feito em um local externo, mas anexo à parte interna da casa, como as varandas de salas ou quartos, por exemplo. Nesse caso, é comum que ele conte com pergolados ou paredes e tetos de vidro que permitem a entrada de luz natural. 

Essas são as características mais marcantes de um jardim de inverno. No entanto, vale ressaltar que é possível adaptá-lo à sua realidade e espaço, e trabalhar com a criatividade na hora de montá-lo. Caso você não tenha uma área externa disponível, vale arquitetá-lo embaixo de escadas ou no canto da sala de estar ou de jantar.

Como montar um jardim de inverno?

O primeiro passo para montar uma decoração de jardim de inverno é estipular um local. Depois, é preciso pensar na disposição das plantas e flores, bem como nas espécies mais indicadas. 

Em seguida, é importante pensar no revestimento. Para montar um jardim de inverno simples e barato, as pedras podem ser mais interessantes que o deck de madeira, por exemplo. Por fim, a iluminação também merece atenção. E caso tenha espaço disponível, vale investir em alguns tipos de móveis

1. Estipule um local da casa

Como dito acima, o primeiro passo é definir um local. É comum encontrar um jardim de inverno embaixo da escada, canto de salas ou varandas. No mais, tenha em mente que, na maioria dos casos, ele é montado em um local que não oferece tanta funcionalidade, mas que pode ser aproveitado.

2. Procure saber quais são as plantas e flores mais indicadas

Depois de definir o local, é preciso pesquisar as melhores espécies de flores e plantas de acordo com o cantinho escolhido. Nessa etapa, é importante considerar os fatores do ambiente, como a ventilação e o grau de luminosidade natural, por exemplo, e depois comparar com as demandas das espécies.  

Para quem prioriza a praticidade e não possui muita habilidade com jardinagem, o melhor é optar pelas espécies que são mais fáceis de cuidar, como as suculentas, os cactos e a espada-de-São-Jorge, que são mais resistentes.

jardim de inverno marabraz - Jardim de inverno: o que é e como montá-lo em 5 passos

3. Pense no tipo de revestimento

Diversas são as opções de revestimento para um jardim de inverno, como deck de madeira, terra, grama e pedras, por exemplo. Para balizar a sua decisão, pense no efeito decorativo que deseja dar ao ambiente, além da manutenção e higienização. 

Para um jardim de inverno na sala ou embaixo da escada, as pedras podem ser boas opções. E caso você tenha crianças ou pets, escolha as maiores para evitar acidentes. Mas se você pretende montá-lo na varanda, o deck ou a grama podem cair bem.

4. Pretende colocar móveis?

Dependendo da metragem disponível, é possível apostar na disposição de móveis, como bancos e poltronas. Dessa maneira, além de contribuir com a decoração da casa, o jardim de inverno também ganha funcionalidade. Ele pode se tornar o cantinho ideal para ler um livro, meditar ou receber um convidado. 

jardim de inverno mara - Jardim de inverno: o que é e como montá-lo em 5 passos

5. Não esqueça da iluminação

Por fim, é válido apostar em alguns itens de iluminação para deixar o jardim mais elegante e funcional no período noturno. No caso das varandas, a luminária de coluna pode ser uma boa aposta. Mas se for embaixo da escada, o melhor é investir em alguns pontos de luz e posicioná-los próximos ao chão.

Leave a Comment