Please assign a menu to the primary menu location under menu

Decoração

Maximalismo: entenda essa tendência e saiba como usar

Imagem de maximalismoImagem de maximalismo

O maximalismo é um estilo de decoração que vem crescendo nos últimos anos. Você deve conhecer o oposto desse tipo de decoração, que é o minimalismo, mais voltado para poucos itens e apenas o essencial. Ele é diferente, é um estilo de decoração e arquitetura exuberante. 

O maximalismo é um estilo de decoração e arquitetura que faz jus ao “quanto mais, melhor”. Ele compõe sem deixar margem para ambientes vazios. O gótico, clássico, moderno, barroco e futurista se encontram na decoração maximalista

O que é o maximalismo?

Em geral, muitas pessoas se perguntam o que é maximalismo, já que estão mais acostumadas com o minimalismo. Ele prioriza exagero, sobreposição de estilos e tendências, cores vibrantes, entre outras possibilidades. 

Para o estilo maximalista, é possível reunir itens de decoração que você aprecia e são diferentes uns dos outros, gerando combinações variadas e personalizadas. É como se fosse uma decoração só sua. Esse estilo surge como uma forma de evitar regras na decoração, com a intenção de renovar e contar histórias.

Conheça os padrões do maximalismo

O maximalismo personaliza ambientes e potencializa as experiências, já que os artigos presentes na decoração é o que realmente tem valor. Por isso, o Blog Mara separou algumas dicas sobre o padrão que você vai encontrar nesse estilo:

Formas geométricas 

As formas geométricas ganham um peso maior no maximalismo, porque chamam a atenção. Além de trazerem personalidade, elas oferecem uma sensação de amplitude para o lugar. A decoração geométrica ainda ajuda a criar cenários visualmente ricos em detalhes que instigam.

Florais

Os florais também são fundamentais nesse tipo de decoração. Eles podem ser usados tanto em pisos quanto em paredes. Você pode apostar em jogos de cama, cortinas e almofadas com essa estampa, além de plantas e vasos.

Cruzamento de estilos

Como foi dito no início, o maximalismo é conhecido por mesclar estilos e elementos. Costuma-se encontrar um mix com clássico, gótico e moderno no mesmo ambiente, com liberdade para criar composições.

Esse estilo permite praticamente tudo e até “descombinações”. Na sua sala de estar, por exemplo, você pode compor um ambiente maximalista com móveis monocromáticos ou abusar de outras cores.

Decoração no ambiente

Para os ambientes, há diversos tipos de decoração. Existe a possibilidade de usar móveis grandes, tapetes estampados, papéis de paredes com estampas que chamam atenção e cortinas coloridas em conjunto. 

Maximalismo e minimalismo

Em minimalismo e maximalismo, não há uma regra, mas cada estilo tem a própria essência. Enquanto o primeiro segue um conceito mais clean, com poucos itens, mas sempre atento aos detalhes, o segundo tem a decoração mais personalizada. Para não ter dúvidas, separamos uma forma de identificar cada um.

Minimalista

  • Na decoração minimalista, há poucos móveis e objetos;
  • Os móveis carregam uma forma mais simples com traçados geométricos, em vez das curvas e linhas quase sempre retas;
  • As cores são neutras;
  • As paredes costumam ser neutras, enquanto as prateleiras, quadros e objetos são pouco usados para não interferir no visual;
  • Normalmente, as superfícies têm poucas decorações, e as mesas, os aparadores e as pias não contêm objetos;
  • O tapete não é um artigo de prioridade, mas, quando é utilizado, segue a paleta neutra;
  • Peças de design ou de arte estão sempre em destaque.

Maximalista

  • Geralmente, os móveis antigos de linhas mais rebuscadas se misturam com os móveis modernos;
  • Enfeitar com objetos pessoais faz toda a diferença;
  • Os objetos e as cores vibrantes nas paredes estão sempre presentes;
  • O mix de texturas estão presentes em objetos, móveis, paredes e pisos, com diversos materiais, como madeira, tecido, couro, metalizados, entre outros;
  • As paredes estão sempre cheias, então quadros, nichos e prateleiras são sempre bem-vindos;
  • Objetos decorativos como livros e plantas são exibidos em toda parte;
  • Os tapetes são ótimos aliados. Além de deixarem o ambiente mais charmoso, eles são uma ótima opção para mudar rapidamente a decoração e dar o toque especial que faltava.

Como o maximalismo é aplicado em um projeto?

Com o maximalismo, é possível fazer diversas combinações, como você viu anteriormente. Apesar de ser um estilo que preza pelo exagero, ele não é puramente uma decoração e uma arquitetura desorganizadas. Pelo contrário, as marcas registradas são o bom gosto e o contraste.

Paredes

No maximalismo, há duas linhas que as paredes podem seguir: as chamativas e as totalmente neutras. No primeiro caso, você pode optar por cores vibrantes e papéis de parede estampados. Já no segundo caso, é possível escolher uma cor neutra e investir em quadros e outros objetos para complementar.

Cores

Já as cores não precisam ser necessariamente da mesma paleta. Por exemplo, é possível escolher móveis vibrantes, mesmo com uma parede de cor mais escura. Assim, o ambiente ganha um contraste sensacional e o resultado será de um espaço muito vivo, que busca essa diferença no maximalismo.

Artigos

Os artigos de decoração podem variar, não precisam seguir um padrão. Você consegue fazer composições de obras de arte com plantas de porte grande. Também dá para adicionar itens de viagens que contam história. O objetivo é imprimir a sua personalidade.

Veja mais dicas de decorações aqui no Blog Mara

O que achou dessas dicas? É incrível como uma palavra tão pequena pode ter um significado tão grande e importante na decoração. Você pode continuar navegando em nosso Blog Mara e ler sobre como decorar um quarto neon.

Leave a Comment